Um artigo publicado pela Forbes destacou o fato de que um Jeep Grand Cherokee 2013 custou US $28.000 nos EUA e cerca de US $89.500 no Brasil. Você poderia comprar 3 veículos nos EUA pelo que um lhe custou no Brasil. E não pensem que os brasileiros, em média, têm bolsos mais fundos.

Os altos preços dos carros no Brasil são devidos a uma combinação de impostos e margem. Parece que os brasileiros associam altos preços com luxo, embora o Jeep Grand Cherokee não seja luxuoso. Mas então no Brasil, um Toyota Corolla é considerado um carro de luxo, e nos EUA é pouco mais do que o nível de entrada.

Média dos preços dos carros no Brasil

Um caminhão 4X2 Toyota Hilux cabine dupla, que custa $ 73.766 no Brasil, é vendido por 88.100 pesos para os “irmãos Argentinos”, o equivalente a US $ 59.979. Mais luxuoso, importado a Ford Edge é oferecido no mercado brasileiro por US $ 149,700, mas no México é vendido por menos da metade do preço: 364.000 pesos, ou us $ 59.282. O contraste é ainda maior quando se considera os Estados Unidos ou a Europa.

Razão dos preços

A razão para tal diferença de preço – e que gera mais discussões entre montadoras e governo – é a carga fiscal. No Brasil, o Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI), o imposto sobre a circulação de bens e serviços (ICMS), o programa de Integração Social (PIS) e a contribuição para o financiamento da Segurança Social (COFINS) representam, em média, 30,4% do valor que chega ao Brasil.”Este mesmo valor para outros países é muito menor.

Na Espanha, por exemplo, é de 13,8%, na Itália, 16,7% e nos Estados Unidos, 6,1%”, diz O vice-presidente da Booz & Company, Letícia Costa. Mas os veículos importados de Países sem carro com a experiência do Brasil com a taxa de recuperação de 35% sobre o valor do produto.

Taxação de impostos brasileira

No entanto, os impostos não são os únicos vilões. Nem a” bagagem ” que outros fatores exercem uma forte pressão sobre os preços dos automóveis. Um deles é o chamado Custo Brasil, que vai do valor da mão de obra ao desalfandegamento em caso de importação de produtos e peças.

A este respeito, está a gastar em Logística, uma vez que o país é grande e depende, basicamente, das estradas e portos para o transporte. As estradas, em particular, deixam de ser desejadas em qualidade, para comparar, por exemplo, a infra-estrutura norte-americana.

 

Financiamentos

Outro ponto a entender sobre o valor dos carros no Brasil é o financiamento. Basicamente essa é a maior forma de se ter um carro no país e mesmo em tempos de crise o mercado do setor se movimenta em crescimento de 9,1% ao ano, segundo dados do governo em 2019.

O problema é que o Brasil já passou pelo boom do crédito e muitas pessoas se endividaram. Como consequência todas as instituições financeiras ligaram o alerta e tomam medidas mais rígidas e juros mais altos para se proteger contra as grandes chances de inadimplência dos clientes.

Para quem contrata o financiamento as parcelas se tornam ainda mais uma dificuldade a se colocar no orçamento do sonho de se ter um carro na garagem. Afinal, junto à elas estão as taxas invisíveis que ajudam a salgar o preço mesmo dos hatches mais baratos comercializados em países europeus.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>